Madeirada News

MENU
Logo
Terça, 04 de agosto de 2020
Publicidade
Publicidade

Política

Vídeo-Vereador Celso Carvalho apresenta projeto de Lei que prejudica comerciantes de Novo Gama - GO.

O que não podemos aceitar é injustiçar ainda mais trabalhadores e pais de família em plena pandemia. 

873
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Em Novo Gama, é comum ouvirmos dos moradores o arrependimento de seus votos nas últimas eleições e quando se trata de alguns vereadores, a revolta se extende. Um dos campeões da revolta pelo voto é o vereador Celso Carvalho, eleito em 2016 com 684 votos, ocupando o 5° lugar no ranking de eleitos do município. Grande parte desses votos, oriundos da igreja católica. 

O vereador Celso apresentou um Projeto de Lei que prejudica inúmeros pequenos e médios comerciantes da cidade de Novo Gama, um projeto, diga-se de passagem, em causa própria, sem ao menos ouvir moradores, comerciantes e nem mesmo a CDL (Câmara de Dirigentes  Lojistas) de Novo Gama, que representa uma força e liderança comercial na cidade. 

Há alguns meses, o Portal de Notícias Madeirada News noticiou a perseguição que um bar da cidade sofreu de maneira implacável pelo vereador Celso Carvalho. Toda essa situação humilhante foi vivenciada pelo pequeno comerciante, por funcionar próximo a casa do vereador. Nossa equipe flagrou até mesmo os funcionários da prefeitura recolhendo a tenda do bar de forma impiedosa, sem qualquer chance de diálogo, mesmo o proprietário com toda a documentação em dia é até mesmo deferimento judicial.

Nesse Projeto de Lei, o vereador pede que para renovar/conceder o Alvará de funcionamento e a licença ambiental, o comerciante está condicionado a apresentação de laudo técnico que comprove o TRATAMENTO ACÚSTICO compatível com o nível de pressão sonora permitido na área que o estabelecimento estiver situado, indo em contrário da LEI DA LIBERDADE ECONÔMICA, sancionada pelo Presidente Jair Bolsonaro, no final de 2019.

Um pequeno e médio comerciante não tem condições de realizar um isolamento acústico em seu estabelecimento. Dependendo o tamanho do estabelecimento, podem tirar do bolso de R$ 20.000,00 á R$ 100.000,00 par cumprir às exigências do vereador. 

Além de passar um mandato sem projetos favoráveis para Novo Gama, Celso Carvalho é conhecido como o "Riquinho da Câmara", tendo proventos e recursos maiores que o da própria prefeita. Isso porque, além do salário de vereador R$ 10 mil reais, ainda recebe R$ 25 mil como funcionário da Câmara Federal. Ou seja, são R$ 35.000,00 no bolso. Talvez seja pela sua condição financeira que o vereador se ache no direito de impor regras e gastos astronômicos aos comerciantes de Novo Gama, por achar que todos estão no mesmo patamar financeiro que o seu. 

Um vereador ele legisla para o povo, deve ser uma liderança. Não seria melhor ter reunido com os comerciantes? Chamá-los e entrar em um consenso coletivo? Em algum momento a CDL de Novo Gama foi convidada para uma reunião? Consultaram a maior liderança comercial e independente da cidade? 

O que não podemos aceitar é injustiçar ainda mais trabalhadores e pais de família em plena pandemia. 
Basta de portas fechadas e gente na rua sem emprego. 

O Portal de Notícias Madeirada News se deixa a inteira disposição para o comerciante que queira se manifestar. Deixa também a palavra para a manifetação da CDL de Novo Gama.

Imagem
VEJA A DENUNCIA FEITA POR VALTER MADEIRADA EM SEU PROGRAMA DE RÁDIO 

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Encaminhe sua mensagem, assim que possível estaremos te respondendo ;)