Madeirada News

VÍDEO- TRÊS IRMÃO CONFESSAM TER MATADO E JOGADO CORPO DE BRASILIENSE NO CORREGO DO PACAEMBU EM VALPARAÍSO

Wandiney Pereira Lemos de 21 anos já foi preso por outro homicídio em luziânia

A PCGO por intermédio do GIH GRUPO DE INVESTIGAÇÃO DE HOMICÍDIOS VALPARAÍSO pertencente ao 5º comando Regional da Polícia Civil colocou atrás das grades na tarde desta quinta-feira Três Irmãos que participaram do latrocínio do estudante Felipe César morador de Brasília.

RELEMBRANDO O CASO

O corpo do brasiliense Felipe César dos Reis Almeida, 28 anos, foi localizado por moradores do bairro Pacaembu, em Valparaíso de Goiás, no domingo (6/1).

Vizinhos encontraram o cadáver boiando no curso d’água e chamaram a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros goiano (CBMGO). Segundo os socorristas, havia sinais de estrangulamento no pescoço do jovem. Ele será foi enterrado dia 08/01 terça feira.

Felipe não tinha ficha criminal e estava com o carro do pai e objetos pessoais quando saiu de casa. A principal suspeita dos investigadores é de que se trate de um latrocínio, pois o veículo, carteira e celular foram levados , o carro foi encontrado abandonado no setor de chácaras ananheguera .

DAS INVESTIGAÇÕES.

Segundo o delegado Rafael Abrão assim que começou investigar, a polícia chegou até o principal suspeito que teria sido visto com a vítima em um motel da cidade, eles entraram ficaram cerca de 3 horas no quarto e saíram, fato este ocorrido na madrugada de sábado para domingo 06/01.

Por volta por volta das 09:00 horas de domingo o corpo da vítima foi localizado boiando em um córrego do Pacaembu, os policiais começaram as investigações e foram informados que a vítima teria passado a noite em um motel da cidade .

Munidos desta informação começaram a fazer diligências e chegaram até o suspeito identificado como Wandiney Pereira Lemos de 21 anos, pelo que constou na investigação o suspeito junto com a vítima teria se desentendido no quarto do motel relatou uma testemunha que não quis se identificar.

No momento eles usavam drogas, o desentendimento aconteceu o suspeito por não saber dirigir pediu que a vítima fosse até a residência de um dos seus irmãos , que identificado como Adaílton Júnior Souza Santos 19 anos e teria pedido a ele que entrasse no veículo .

Em certo momento wandiney asfixiou a vítima enquanto ele dirigia obrigando a parar o carro, ao parar wandiney asfixiou a vítima até a morte.

Com o jovem morto dentro do carro eles foram para a o bairro Pacaembu onde Jogaram o corpo da vítima de felipe .

Segundo o delegado, Adaílton tomou a direção do veículo por saber dirigir e foram até a casa de wandiney onde estacionaram o carro, depois de ver através do central da notícia que o corpo da vítima foi encontrado, Wandiney resolveu dar fim no veículo.

Por não ter habilidade em dirigir quando ia dispensar o veículo bateu em um poste no setor de chácaras em Valparaíso, o carro foi abandonado no local e wandiney tomou rumo ignorado.

Como os pertences da vítima foi levado roupa e celular ao dispensar o flagrante Wandeiney foi até a casa do outro irmão identificado como Luiz Davi Souza Santos 18 anos e ofereceu para ele o celular da vítima .

Luiz Sem questionar pagou r$ 700,00 no celular , a polícia civil ao prender wandiney e descobrir que os seus irmãos estaria no caso, foi até a casa de cada um dos irmãos e conseguiu prende los .

Na delegacia ambos confessaram a participação do crime, Wandiney confessou o latrocínio, Adaílton confessou que dirigiu o veículo no momento do crime e Luís comprou o celular roubado da vítima .

Ambos foram ouvidos pela autoridade policial delegado Rafael Abrão e indiciados sendo wandiney e adailton pelos crimes de latrocínio e luiz pelo crime de receptação.

Na delegacia para Luiz que comprou o celular o delegado Rafael Abrão arbitrou uma fiança de r$ 2.844,00 cerca de 3 salários-mínimos o que não foi pago .

Adailton e wandiney foram indiciados pelo crime de latrocínio qualificado .

Wandiney é ex-presidiário , Já respondeu um homicídio cometido em Luziânia e para surpresa do Delegado está sendo investigado em outro homicídio ocorrido no dia 28/12 onde o corpo de um jovem foi localizado próximo ao Colégio Militar em Valparaíso DEGOLADO.

Até o fechamento da ocorrência a fiança arbitrada pelo delegado não tinha sido pago, o que indica que os três irão ficar trancados.

VITIMA

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

VÍDEO- TRÊS IRMÃO CONFESSAM TER MATADO E JOGADO CORPO DE BRASILIENSE NO CORREGO DO PACAEMBU...

A PCGO por intermédio do GIH GRUPO DE INVESTIGAÇÃO DE HOMICÍDIOS VALPARAÍSO pertencente ao 5º comando Regional da Polícia Civil colocou atrás das grades na tarde desta quinta-feira Três Irmãos que participaram do latrocínio do estudante Felipe César morador de Brasília.

RELEMBRANDO O CASO

O corpo do brasiliense Felipe César dos Reis Almeida, 28 anos, foi localizado por moradores do bairro Pacaembu, em Valparaíso de Goiás, no domingo (6/1).

Vizinhos encontraram o cadáver boiando no curso d’água e chamaram a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros goiano (CBMGO). Segundo os socorristas, havia sinais de estrangulamento no pescoço do jovem. Ele será foi enterrado dia 08/01 terça feira.

Felipe não tinha ficha criminal e estava com o carro do pai e objetos pessoais quando saiu de casa. A principal suspeita dos investigadores é de que se trate de um latrocínio, pois o veículo, carteira e celular foram levados , o carro foi encontrado abandonado no setor de chácaras ananheguera .

DAS INVESTIGAÇÕES.

Segundo o delegado Rafael Abrão assim que começou investigar, a polícia chegou até o principal suspeito que teria sido visto com a vítima em um motel da cidade, eles entraram ficaram cerca de 3 horas no quarto e saíram, fato este ocorrido na madrugada de sábado para domingo 06/01.

Por volta por volta das 09:00 horas de domingo o corpo da vítima foi localizado boiando em um córrego do Pacaembu, os policiais começaram as investigações e foram informados que a vítima teria passado a noite em um motel da cidade .

Munidos desta informação começaram a fazer diligências e chegaram até o suspeito identificado como Wandiney Pereira Lemos de 21 anos, pelo que constou na investigação o suspeito junto com a vítima teria se desentendido no quarto do motel relatou uma testemunha que não quis se identificar.

No momento eles usavam drogas, o desentendimento aconteceu o suspeito por não saber dirigir pediu que a vítima fosse até a residência de um dos seus irmãos , que identificado como Adaílton Júnior Souza Santos 19 anos e teria pedido a ele que entrasse no veículo .

Em certo momento wandiney asfixiou a vítima enquanto ele dirigia obrigando a parar o carro, ao parar wandiney asfixiou a vítima até a morte.

Com o jovem morto dentro do carro eles foram para a o bairro Pacaembu onde Jogaram o corpo da vítima de felipe .

Segundo o delegado, Adaílton tomou a direção do veículo por saber dirigir e foram até a casa de wandiney onde estacionaram o carro, depois de ver através do central da notícia que o corpo da vítima foi encontrado, Wandiney resolveu dar fim no veículo.

Por não ter habilidade em dirigir quando ia dispensar o veículo bateu em um poste no setor de chácaras em Valparaíso, o carro foi abandonado no local e wandiney tomou rumo ignorado.

Como os pertences da vítima foi levado roupa e celular ao dispensar o flagrante Wandeiney foi até a casa do outro irmão identificado como Luiz Davi Souza Santos 18 anos e ofereceu para ele o celular da vítima .

Luiz Sem questionar pagou r$ 700,00 no celular , a polícia civil ao prender wandiney e descobrir que os seus irmãos estaria no caso, foi até a casa de cada um dos irmãos e conseguiu prende los .

Na delegacia ambos confessaram a participação do crime, Wandiney confessou o latrocínio, Adaílton confessou que dirigiu o veículo no momento do crime e Luís comprou o celular roubado da vítima .

Ambos foram ouvidos pela autoridade policial delegado Rafael Abrão e indiciados sendo wandiney e adailton pelos crimes de latrocínio e luiz pelo crime de receptação.

Na delegacia para Luiz que comprou o celular o delegado Rafael Abrão arbitrou uma fiança de r$ 2.844,00 cerca de 3 salários-mínimos o que não foi pago .

Adailton e wandiney foram indiciados pelo crime de latrocínio qualificado .

Wandiney é ex-presidiário , Já respondeu um homicídio cometido em Luziânia e para surpresa do Delegado está sendo investigado em outro homicídio ocorrido no dia 28/12 onde o corpo de um jovem foi localizado próximo ao Colégio Militar em Valparaíso DEGOLADO.

Até o fechamento da ocorrência a fiança arbitrada pelo delegado não tinha sido pago, o que indica que os três irão ficar trancados.

VITIMA

Publicidade