Madeirada News

VIDEO- PRESO CASEIRO E COMPARSAS QUE MATOU CASAL DE IDOSOS

Polícia Civil elucida com rapidez assassinato de idosos em Campo Limpo


 

Poucas horas após ter conhecimento, na tarde desta quarta-feira (07), através de denúncia anônima, de que o casal Leandro Canedo Guimarães dos Santos, 78 anos, e Darci Prado Canedo Guimarães dos Santos, 76 anos, tinha sido brutalmente assassinado numa chácara em Campo Limpo de Goiás, a Polícia Civil, com o apoio das equipes da 5ª Delegacia Regional de Luziânia, iniciou as diligências e prendeu os três acusados de participação no crime: Milton Isturario Vieira, sua mulher Rosane Patrícia Rodrigues e seu irmão Ademilson Isturario Barbosa.

Da chácara foram levados o carro e objetos das vítimas, que foram mortas a golpes de faca na última terça-feira, 6. Para desvendar o crime, os delegados Cleiton Lobo, do GIH, e Karla Poubel, de Campo Limpo, com apoio de suas equipes, do GENARC/GEPATRI e do CAOP da 3ª Regional conseguiram chegar à localização dos acusados em Luziânia. Para prender os acusados, a Polícia Civil contou com o apoio ainda da Polícia Militar que capturou um deles que havia fugido para o mato.

O carro da vítima foi encontrado carbonizado e alguns objetos subtraídos foram localizados em Anápolis.

Os três autores, que já estão em Anápolis, têm passagens por vários crimes, como ameaça, injúria, abandono de incapaz e lesão corporal.

A titular da 3ª Delegacia Regional da Polícia Civil, delegada Aline Vilela, enaltece o empenho de todas as equipes que agiram com rapidez para solucionar esse crime brutal. “Agradecemos também o fundamental e irrestrito apoio das equipes da 5ª Regional de Luziânia e da Polícia Militar, que não mediram esforços para localizarem e capturarem os acusados do latrocínio”, destacou a delegada.


  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

VIDEO- PRESO CASEIRO E COMPARSAS QUE MATOU CASAL DE IDOSOS

 

Poucas horas após ter conhecimento, na tarde desta quarta-feira (07), através de denúncia anônima, de que o casal Leandro Canedo Guimarães dos Santos, 78 anos, e Darci Prado Canedo Guimarães dos Santos, 76 anos, tinha sido brutalmente assassinado numa chácara em Campo Limpo de Goiás, a Polícia Civil, com o apoio das equipes da 5ª Delegacia Regional de Luziânia, iniciou as diligências e prendeu os três acusados de participação no crime: Milton Isturario Vieira, sua mulher Rosane Patrícia Rodrigues e seu irmão Ademilson Isturario Barbosa.

Da chácara foram levados o carro e objetos das vítimas, que foram mortas a golpes de faca na última terça-feira, 6. Para desvendar o crime, os delegados Cleiton Lobo, do GIH, e Karla Poubel, de Campo Limpo, com apoio de suas equipes, do GENARC/GEPATRI e do CAOP da 3ª Regional conseguiram chegar à localização dos acusados em Luziânia. Para prender os acusados, a Polícia Civil contou com o apoio ainda da Polícia Militar que capturou um deles que havia fugido para o mato.

O carro da vítima foi encontrado carbonizado e alguns objetos subtraídos foram localizados em Anápolis.

Os três autores, que já estão em Anápolis, têm passagens por vários crimes, como ameaça, injúria, abandono de incapaz e lesão corporal.

A titular da 3ª Delegacia Regional da Polícia Civil, delegada Aline Vilela, enaltece o empenho de todas as equipes que agiram com rapidez para solucionar esse crime brutal. “Agradecemos também o fundamental e irrestrito apoio das equipes da 5ª Regional de Luziânia e da Polícia Militar, que não mediram esforços para localizarem e capturarem os acusados do latrocínio”, destacou a delegada.

Publicidade