Madeirada News

MENU
Logo
Sexta, 22 de janeiro de 2021
Publicidade
Publicidade

Saúde

Vacinação contra Covid no DF deve iniciar no fim de fevereiro diz subsecretário

“Estamos começando a vislumbrar a possibilidade [da vacinação] no final de fevereiro e início de março”, afirmou Divino Valério

162
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Após uma reunião com o Ministério da Saúde, ontem, a área técnica da Vigilância Epidemiológica no Distrito Federal começa a definir uma data para iniciar a campanha de vacinação em massa na capital.

“Estamos começando a vislumbrar a possibilidade [da vacinação] no final de fevereiro e início de março”, disse o subsecretário de Vigilância em Saúde do DF, Divino Valério, em entrevista ao Jornal de Brasília.

O subsecretário tem participado das reuniões com a equipe do Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde. As demandas necessárias para a vacinação são alinhadas pelo Executivo junto aos governadores e prefeitos.

“Estamos participando de reuniões técnicas, mas é bastante complicado definir uma data porque depende muito mais deles [Governo Federal]”, relatou Divino.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que o Brasil já conta com 300 milhões de doses da vacina garantidas. Segundo ele, o imunizante estará disponível à toda a população brasileira. A previsão de início da aplicação em massa está incerta, mas o ministro estima começar em março. “Ressalto que todos no Brasil terão acesso à vacina. Todos aqueles que desejarem. Mais uma vez afirmo: tudo está sendo feito com os ritos científicos e seguindo os protocolos da agência reguladora, a qual respeitamos e [que] representa, legalmente, a autoridade no assunto”, disse Pazuello logo após a reunião com os governadores para alinhamento do plano de vacinação nacional, na última segunda-feira (8).

Ontem, no entanto, Pazuello afirmou em entrevista que poderia iniciar uma vacinação em caráter de emergência em janeiro ou até mesmo no final dezembro deste ano, caso o governo receba de imediato as primeiras doses dos laboratórios que produzem a vacina.

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Encaminhe sua mensagem, assim que possível estaremos te respondendo ;)