Madeirada News

PM e policial reformado são presos sob suspeita de participação na morte de Marielle Franco

O suspeito Ronie Lessa é policial militar reformado e o outro, Elcio Vieira de Queiroz, foi expulso da Polícia Militar.

Um policial reformado e um policial militar foram presos na manhã desta terça-feira (12) em uma ação da Divisão de Homicídios do Rio de Janeiro e do Ministério Público estadual.

Os dois são suspeitos de participação na morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

De acordo com o site G1, o PM reformado Ronnie Lessa, 48 anos, é apontado como autor dos disparos que atingiram a vereadora. O outro preso é o policial militar Élcio Vieira de Queiroz, 46 anos.

Ainda nesta terça, a polícia deve realizar buscas em 34 endereços. A morte de Marielle e Anderson completa um ano nesta quinta-feira (14).

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

PM e policial reformado são presos sob suspeita de participação na morte de Marielle Franco

Um policial reformado e um policial militar foram presos na manhã desta terça-feira (12) em uma ação da Divisão de Homicídios do Rio de Janeiro e do Ministério Público estadual.

Os dois são suspeitos de participação na morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

De acordo com o site G1, o PM reformado Ronnie Lessa, 48 anos, é apontado como autor dos disparos que atingiram a vereadora. O outro preso é o policial militar Élcio Vieira de Queiroz, 46 anos.

Ainda nesta terça, a polícia deve realizar buscas em 34 endereços. A morte de Marielle e Anderson completa um ano nesta quinta-feira (14).

Publicidade