Madeirada News

MENU
Logo
Domingo, 20 de setembro de 2020
Publicidade
Publicidade

Política

O calvário de Sônia Chaves em busca da reeleição

Faltando onze meses para deixar o governo, Sônia Chaves começa a perder fortes aliados políticos.

1559
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A atual prefeita de Novo Gama Sônia vive um suplicio em busca da reeleição, boa de lábia, mas ruim de serviço, a prefeita Sônia Chaves (PSDB) pode entrar para a história como a pior administradora do estado de Goiás.

Faltando onze meses para o término do mandato, Sônia Chaves bate recorde. Todos negativos.

 Até agora, quase nada das suas propostas de campanha foram concluídas. Para piorar, muitas das promessas tiradas do papel geram controvérsias pela falta de planejamento. Como é o caso da contenção da erosão do buracão do Pedregal, obra que se encontra parada e que consome mais de 15 milhões dos cofres públicos, outro caso estarrecedor é a promessa de construção do rodo shopping, tão propagado na campanha que levou a então candidata ao cargo de prefeita, ao invés de cumprir sua palavra, Sônia Chaves fez uma reforma meia boca na rodoviária que custou mais de 300 mil reais aos cofres públicos.

Aliados tentam amenizar a desaprovação da prefeita fazendo postagens fictícias nas redes sociais, mas geralmente essas postagens são atacadas por comentários negativos por boa parte da população que desaprova a maneira Sônia Chaves de governar.

Diante desse quadro, analisamos que o ponto fraco de Sônia Chaves é mesmo a má gestão das contas publicas.

Considerada pelo TCM (tribunal de contas dos municípios) como a pior prefeita do estado de Goiás, Sônia começa a perder aliados e antigos defensores, que agora começam a pular do barco com medo de herdarem a rejeição da prefeita nas eleições de outubro.

Como dizia minha velha e saudosa mãe, quando o navio afunda, os ratos são os primeiros a abandonar o barco.

Os hora apoiadores do governo estão mudando seus discursos. Ou seja, abandonando o barco. Sabem de muitas coisas erradas, são cumplices e coniventes, mas agora querem pousar de santinhos..

Em meio a esse naufrágio eleitoral. Sônia Chaves ainda enfrenta denuncias na justiça por desvio de verba publica, improbidade administrativa, investigação junto ao ministério publico, investigação por parte da policia Federal e a possibilidade de contas rejeitadas junto ao TCM, o que pode tirar a dama de ferro da disputa eleitoral ou até mesmo leva-la para a cadeia.

Em meio a todo esse balaio de gato jurídico e de rejeição eleitoral, os próximos a pular do barco são os membros da família Big Lar (Warley, Zezinho e Claudio),  segundo fontes ligadas ao poderoso chefão Warley Lucio, eles já negociam uma saída a francesa do governo, afinal de contas, farinha pouca meu pirão primeiro.

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Encaminhe sua mensagem, assim que possível estaremos te respondendo ;)