Madeirada News

MENU
Logo
Segunda, 14 de junho de 2021
Publicidade
Publicidade

Policial

Morador de Novo Gama, sargento reformado da PM é preso por tráfico internacional de drogas

De acordo com informações policiais, o produto estava distribuído pela lataria do veículo, em compartimentos ocultos conhecidos como mocó

2026
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

 

Na manhã desta quinta-feira (28), policiais militares rodoviários de Nova Andradina e Dourados efetuaram a apreensão de 152 quilos de maconha em um “mocó” localizado na carroceria de um veículo VW Saveiro. Dois indivíduos foram presos por tráfico de drogas durante a ação.

De acordo com informações policiais, o produto estava distribuído pela lataria do veículo, em compartimentos ocultos conhecidos como mocó. A apreensão ocorreu na rodovia MS-141 na altura do km 100, no município de Ivinhema (MS). 

Ao abordar o veículo, os policiais notaram que o condutor, identificado como Francisco Valderi, 58, demonstrou inconsistência nas respostas acerca do motivo pelo qual estaria transitando pela região, levantando suspeitas. Após uma busca minuciosa, a droga foi encontrada.

Após verificação, foi constatado que o homem é um sargento reformado da Policial Militar, morador do município de Novo Gama - GO. À princípio, ele disse que saiu com a droga da região de fronteira, porém, depois confessou que pegou o entorpecente do lado paraguaio, resultando no tráfico internacional.

Durante a desmontagem do carro, a equipe observou um veículo VW Gol passando diversas vezes em frente ao pátio da Delegacia de Polícia Civil de Ivinhema (MS). Foi efetuada a abordagem e prisão de Bruno Padine, 28, morador de Itaquiraí, identificado como o “batedor” da carga.

Diante dos fatos, ambos receberam voz de prisão e foram encaminhados juntamente com os veículos e a droga a Delegacia de Polícia Federal de Dourados, para os procedimentos legais. 

Os indivíduos foram acompanhados pelo advogado Renan Pompeo e se reservaram no direito de permanecerem calados no auto de prisão em flagrante.

A Operação Hórus foi desencadeada pela Sejusp/MS e pela Secretaria Nacional de Operações Integradas (Seopi) do Ministério de Justiça e Segurança Pública.

 

Fonte/Créditos: Dourados News

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Encaminhe sua mensagem, assim que possível estaremos te respondendo ;)