Madeirada News

MENU
Logo
Quarta, 21 de abril de 2021
Publicidade
Publicidade

Policial

Macabro! Marido mata a esposa e dorme ao lado do cadáver no Pedregal

O assassino fugiu com um amigo e está sendo procurado pela polícia

11198
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Nesta sexta-feira (05) o município de Novo Gama - GO se deparou com um crime bárbaro e cruel. Às vesperas do dia internacional da mulher, mais uma mulher perdeu a vida de maneira desumana. O homicídio ocorreu no bairro do Pedregal, mais precisamente na quadra 502.

 

A vítima, Rita de Meneses santos, tinha 42 anos de idade e morava na Bahia, mas a pouco mais de um mês havia se mudado para o bairro do Pedregal juntamente com o assassino Alessandro Lima de Macedo.

 

Segundo informações dos vizinhos da vítima, na noite do crime, marido e mulher discutiam, coisa que era comum entre eles. Pelo casal discutir constantemente, os vizinhos imaginaram que aquele situação era apenas mais uma briga comum. Mal sabiam eles que aquela briga seria a última e teria um final trágico. 

 

Na manhã desta sexta-feira, o homem, friamente ligou para a dona da residência onde morava, falou que havia brigado com a esposa e que durante a discussão ela teria batido a cabeça e desmaiado. 

 

Imediatamente, a dona da residência telefonou para um vizinho e o informou de toda a situação. De pronto, o vizinho foi a uma unidade da Guarda Civil Municipal de Novo Gama e pediu que eles ajudassem.

 

Os agentes, chegando ao local, adentrarem a casa e logo viram a mulher sem vida em cima da cama. Fazendo uma averiguação do local, os guardas notaram que as coisas da casa estavam reviradas. Mas o que chamou a atenção dos guardas foram as marcas de sangue encontradas no banheiro e o fato dele estar molhado, além da cozinha estar limpa e molhada, o que levantou a suspeita de que alí ocorreu o crime.  

 

O marido da vítima possivelmente dormiu com ela já morta; no outro dia pela manhã, lavou o corpo e o colocou em cima da cama. Tentando apagar algumas pistas, o mesmo ainda limpou o sangue da cena do crime e rasgou as roupas da mulher. Logo depois, ele fugiu juntamente com um amigo que o ajudou a "sumir" com os rastros. 

 

Na fulga, o criminoso deixou seus documentos para trás e agora é procurado pela justiça. O caso é investigado pela delegacia de Novo Gama como feminicídio. Diante deste caso, a única coisa que se espera é que a justiça seja feita e que esse crime não fique impune. 

 

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Encaminhe sua mensagem, assim que possível estaremos te respondendo ;)