Madeirada News

Homem é flagrado fabricando álcool gel em lava jato, em Luziânia

O homem informou que comprava o álcool em um posto de combustível e reduzia de 90% para 70% com produtos químicos.
Homem é flagrado fabricando álcool gel em lava jato, em Luziânia
2233

Homem é flagrado fabricando álcool gel em lava jato, em Luziânia

Nesta sexta-feira (20/3), um homem foi flagrado fabricando álcool gel em um lava jato, no Setor Sol Nascente, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal (DF). O flagrante foi feito pela Polícia Civil do Estado de Goiás, através do Grupo Especial de Repressão à Crimes Patrimoniais de Luziânia (Gepatri), após o recebimento de denúncia.

Quando chegaram no lava jato os policiais foram recebidos pelo dono do estabelecimento e encontraram, dentro de um mercado no local,  seis galões com aproximadamente 5 litros cada, com produto falsificado.

O homem alegou aos policiais que, apesar de não possuir local próprio para produção do álcool gel, ele tem diploma de técnico em química, apresentando o referido documento. Além disso, ele ainda tinha uma balança de precisão e um teste de p.H utilizado para piscina e aquários.

Como o homem fabricava álcool gel em lava jato, em Luziânia

Conforme informações, o homem informou que comprava o álcool em um posto de combustível e reduzia de 90% para 70% com produtos químicos, dentre eles a glicerina. Ele disse que vendia o álcool com objetivo de ajudar no combate ao coronavírus, afirmando que estava presando um serviço.

No lava jato foram apreendidos aproximadamente 30 litros do produto falsificado, assim como os recipientes utilizados para realizar as misturas. No momento que a equipe estava no estabelecimento, um casal chegou para comprar o produto falsificado, mas fugiram assim que viram os policiais.

De acordo com a Polícia Civil, a compra de produtos para fins terapêuticos ou medicinais sem procedência põem em risco a saúde da população. Além disso, quem for flagrado vendendo, adulterando ou falsificando esses produtos comete crime, cuja pena é de 10 a 15 anos de reclusão. O delito ainda pode ser classificado como crime hediondo.

A PC alerta que a população pode denunciar casos de produção irregular ou venda desses produtos. O homem foi encaminhado para a delegacia para as providências cabíveis.

OUVIR NOTÍCIA

Nesta sexta-feira (20/3), um homem foi flagrado fabricando álcool gel em um lava jato, no Setor Sol Nascente, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal (DF). O flagrante foi feito pela Polícia Civil do Estado de Goiás, através do Grupo Especial de Repressão à Crimes Patrimoniais de Luziânia (Gepatri), após o recebimento de denúncia.

Quando chegaram no lava jato os policiais foram recebidos pelo dono do estabelecimento e encontraram, dentro de um mercado no local,  seis galões com aproximadamente 5 litros cada, com produto falsificado.

O homem alegou aos policiais que, apesar de não possuir local próprio para produção do álcool gel, ele tem diploma de técnico em química, apresentando o referido documento. Além disso, ele ainda tinha uma balança de precisão e um teste de p.H utilizado para piscina e aquários.

Como o homem fabricava álcool gel em lava jato, em Luziânia

Conforme informações, o homem informou que comprava o álcool em um posto de combustível e reduzia de 90% para 70% com produtos químicos, dentre eles a glicerina. Ele disse que vendia o álcool com objetivo de ajudar no combate ao coronavírus, afirmando que estava presando um serviço.

No lava jato foram apreendidos aproximadamente 30 litros do produto falsificado, assim como os recipientes utilizados para realizar as misturas. No momento que a equipe estava no estabelecimento, um casal chegou para comprar o produto falsificado, mas fugiram assim que viram os policiais.

De acordo com a Polícia Civil, a compra de produtos para fins terapêuticos ou medicinais sem procedência põem em risco a saúde da população. Além disso, quem for flagrado vendendo, adulterando ou falsificando esses produtos comete crime, cuja pena é de 10 a 15 anos de reclusão. O delito ainda pode ser classificado como crime hediondo.

A PC alerta que a população pode denunciar casos de produção irregular ou venda desses produtos. O homem foi encaminhado para a delegacia para as providências cabíveis.

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Saúde
Pessoas são presas pelos pés em praça pública por desrespeito à quarentena
Pessoas são presas pelos pés em praça pública por desrespeito à quarentena
VISUALIZAR
Policial
Homem é morto a facadas no Pedregal
Homem é morto a facadas no Pedregal
VISUALIZAR
Política
Juiz bloqueia fundo eleitoral e partidário e põe verba à disposição do combate ao...
Juiz bloqueia fundo eleitoral e partidário e põe verba à disposição do combate ao coronavírus
VISUALIZAR
Política
BOMBA- Vereador BB é flagrado supostamente tentando comprar apoio de pré-candidatos a...
BOMBA- Vereador BB é flagrado supostamente tentando comprar apoio de pré-candidatos a vereadores em Novo Gama
VISUALIZAR
Política
Caixa lança site para solicitar auxílio emergencial de R$ 600, cadastre-se
Caixa lança site para solicitar auxílio emergencial de R$ 600, cadastre-se
VISUALIZAR
Política
Mandetta deve ser demitido por Bolsonaro hoje(06)
Mandetta deve ser demitido por Bolsonaro hoje(06)
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Encaminhe sua mensagem, assim que possível estaremos te respondendo ;)