Madeirada News

Goiás-Confira o que fecha e permanece em funcionamento após adoção de medidas contra o coronavírus

Entidades públicas e privadas anunciam medidas precativas durante os 15 dias de paralisação
Goiás-Confira o que fecha e permanece em funcionamento após adoção de medidas contra o coronavírus
2355

Goiás-Confira o que fecha e permanece em funcionamento após adoção de medidas contra o coronavírus

Entra em vigor, nesta quinta-feira (19), o decreto do governo do estado que prevê o fechamento dos estabelecimentos comerciais, como forma de conter a propagação do coronavírus em Goiás. Segundo a norma, fica proibido o funcionamento de shoppings, galerias e polos comerciais pelo período de 15 dias. Outros estabelecimentos, como bares e restaurantes, ficam restritos ao serviço de entregas, sob pena de multa em caso de descumprimento da determinação. Já farmácias, supermercados e padarias funcionarão normalmente.

Madeirada News listou abaixo quais setores serão elencados pelo decreto estadual, seja de forma parcial ou integral:

Shoppings:

Todos os shoppings centers permanecerão FECHADOS por 15 dias, funcionando apenas, o serviço de entrega dos restaurantes, e serviços ligados à saúde.

Bares, restaurantes e lanchonetes

Funcionarão apenas serviços de entrega as categorias: restaurantes, sanduicherias, pizzarias, pamonharias, pit-dogs, restaurantes de hotéis, distribuidoras e lanchonetes. No mais, todos os estabelecimentos também estarão FECHADOS pelos próximos 15 dias.

Feiras

Todas as feiras, livres (de bairro) e especiais, também estarão FECHADAS pelo decreto do governo por 15 dias.

Polos comerciais

Assim como as feiras, os polos comerciais, como os da Rua 44, Avenida Bernardo Sayão, por exemplo, também estarão FECHADOS pelo mesmo período.

Supermercados, hospitais, laboratórios, clínicas veterinárias, pet shops, postos de gasolina, oficinas mecânicas e utilidades

Todos os estabelecimentos considerados de necessidade básica, como supermercados, hospitais, laboratórios, clínicas veterinárias, pet shop, postos de gasolina, oficinas mecânicas e utilidades (materiais de construção e ferragistas) permanecerão ABERTOS durante a vigência do decreto.

Salões de beleza e barbearias

Ficarão ABERTOS os salões de beleza e barbearias de bairro. Já os estabelecimentos localizados em pólos comerciais e shoppings deverão permanecer FECHADOS.

Demais serviços:

Vapt-Vupt

O atendimento será realizado somente àquelas pessoas que foram previamente agendadas. A orientação para quem não fez o agendamento é aguardar a disponibilidade e efetuar o cadastro pelo site.

 

Bancos

Segundo a Associação dos Bancos (Asban), as equipes estão se organizando e articulando nacionalmente para saber quais medidas irão tomar a respeito do enfrentamento contra o coronavírus.

Transporte Público 

A empresa de transporte público RedeMob Consórcio anuncia a probabilidade de tendência em reduzir frotas em até 50% no final desta semana.  A Rede Metropolitana de Transportes Coletivos (RMTC) constatou uma queda de 25%, em comparação à demanda da última segunda-feira (16/03) .

Órgãos Públicos

O Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO) divulgou na última terça-feira (17) que irão suspender o expediente e prazos no órgão entre os dias 19 e 31 de março. Durante esse período, os servidores realizarão sua atividades de casa.

 
 

OUVIR NOTÍCIA

Entra em vigor, nesta quinta-feira (19), o decreto do governo do estado que prevê o fechamento dos estabelecimentos comerciais, como forma de conter a propagação do coronavírus em Goiás. Segundo a norma, fica proibido o funcionamento de shoppings, galerias e polos comerciais pelo período de 15 dias. Outros estabelecimentos, como bares e restaurantes, ficam restritos ao serviço de entregas, sob pena de multa em caso de descumprimento da determinação. Já farmácias, supermercados e padarias funcionarão normalmente.

Madeirada News listou abaixo quais setores serão elencados pelo decreto estadual, seja de forma parcial ou integral:

Shoppings:

Todos os shoppings centers permanecerão FECHADOS por 15 dias, funcionando apenas, o serviço de entrega dos restaurantes, e serviços ligados à saúde.

Bares, restaurantes e lanchonetes

Funcionarão apenas serviços de entrega as categorias: restaurantes, sanduicherias, pizzarias, pamonharias, pit-dogs, restaurantes de hotéis, distribuidoras e lanchonetes. No mais, todos os estabelecimentos também estarão FECHADOS pelos próximos 15 dias.

Feiras

Todas as feiras, livres (de bairro) e especiais, também estarão FECHADAS pelo decreto do governo por 15 dias.

Polos comerciais

Assim como as feiras, os polos comerciais, como os da Rua 44, Avenida Bernardo Sayão, por exemplo, também estarão FECHADOS pelo mesmo período.

Supermercados, hospitais, laboratórios, clínicas veterinárias, pet shops, postos de gasolina, oficinas mecânicas e utilidades

Todos os estabelecimentos considerados de necessidade básica, como supermercados, hospitais, laboratórios, clínicas veterinárias, pet shop, postos de gasolina, oficinas mecânicas e utilidades (materiais de construção e ferragistas) permanecerão ABERTOS durante a vigência do decreto.

Salões de beleza e barbearias

Ficarão ABERTOS os salões de beleza e barbearias de bairro. Já os estabelecimentos localizados em pólos comerciais e shoppings deverão permanecer FECHADOS.

Demais serviços:

Vapt-Vupt

O atendimento será realizado somente àquelas pessoas que foram previamente agendadas. A orientação para quem não fez o agendamento é aguardar a disponibilidade e efetuar o cadastro pelo site.

 

Bancos

Segundo a Associação dos Bancos (Asban), as equipes estão se organizando e articulando nacionalmente para saber quais medidas irão tomar a respeito do enfrentamento contra o coronavírus.

Transporte Público 

A empresa de transporte público RedeMob Consórcio anuncia a probabilidade de tendência em reduzir frotas em até 50% no final desta semana.  A Rede Metropolitana de Transportes Coletivos (RMTC) constatou uma queda de 25%, em comparação à demanda da última segunda-feira (16/03) .

Órgãos Públicos

O Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO) divulgou na última terça-feira (17) que irão suspender o expediente e prazos no órgão entre os dias 19 e 31 de março. Durante esse período, os servidores realizarão sua atividades de casa.

 
 

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Saúde
Pessoas são presas pelos pés em praça pública por desrespeito à quarentena
Pessoas são presas pelos pés em praça pública por desrespeito à quarentena
VISUALIZAR
Policial
Homem é morto a facadas no Pedregal
Homem é morto a facadas no Pedregal
VISUALIZAR
Política
Juiz bloqueia fundo eleitoral e partidário e põe verba à disposição do combate ao...
Juiz bloqueia fundo eleitoral e partidário e põe verba à disposição do combate ao coronavírus
VISUALIZAR
Política
BOMBA- Vereador BB é flagrado supostamente tentando comprar apoio de pré-candidatos a...
BOMBA- Vereador BB é flagrado supostamente tentando comprar apoio de pré-candidatos a vereadores em Novo Gama
VISUALIZAR
Política
Caixa lança site para solicitar auxílio emergencial de R$ 600, cadastre-se
Caixa lança site para solicitar auxílio emergencial de R$ 600, cadastre-se
VISUALIZAR
Política
Mandetta deve ser demitido por Bolsonaro hoje(06)
Mandetta deve ser demitido por Bolsonaro hoje(06)
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Encaminhe sua mensagem, assim que possível estaremos te respondendo ;)