Madeirada News

DESCASO! Idosa morre a espera de atendimento na UPA de Luziânia

Fatalidade ou descaso dos gestores?
DESCASO! Idosa morre a espera de atendimento na UPA de Luziânia
1630

DESCASO! Idosa morre a espera de atendimento na UPA de Luziânia

O DEMOCRATICO

Uma mulher morreu após aguardar atendimento, por mais de duas horas, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Luziânia.

Rosalina deu entrada nesta sexta-feira (04), mas, apesar do grave estado de saúde, só conseguiu atendimento após desmaiar nos braços do esposo na recepção da UPA.,  de acordo com familiares, a falta de atendimento medico contribuiu  para o falecimento de D. Rosalina.

Segundo o esposo da vítima, dez minutos após ser levada para o box de atendimento, o óbito foi constatado.

Em entrevista ao Blogueiro Duda Lemos, o esposo da vítima, senhor Laurentino Gomes Santiago disse: “o que aconteceu foi o seguinte, cheguei com ela caminhado, fui à recepção e pedi para que eles a atendessem atendam ela que ela não está aguentando, ela estava vomitando direto, porém eles não atenderam, apenas deixaram a gente na recepção. Ai depois que ela desmaiou e caiu na recepção é que eles vieram socorrer.”

Seu laurentino também se queixou da forma que o médico passou a informação do óbito de sua esposa, após alguns minutos o medico voltou e da porta ele apenas disse assim: “ela veio ao óbito nem sequer me chamou para um local reservado.”  O senhor ainda disse que a sua esposa ficou mais de 2 horas aguardando o atendimento e que ela chegou à UPA com sintomas de quem estava prestes a sofrer um infarto.

Sem hospital há mais de três anos, vidas são perdidas diariamente nas UPAs da cidade. De acordo com informações de familiares, a senhora veio a óbito por não receber atendimento prioritário.

Um total descaso falta de gestão e negligencia marcam a administração de  Luziânia, vereadores omissos e coniventes com os desmandos do prefeito enquanto vidas se perdem por falta de atendimento medico.

A pergunta que não quer calar!

Cadê o hospital de Luziânia?

A saúde pública de Luziânia vive um terrível momento, sem hospital há mais de 3 anos, as Unidades de Pronto Atendimento não conseguem atender a comunidade, pois além de não terem estrutura adequada a população sofre com a falta de médicos e de equipamentos.

Nesta última semana, a mesma UPA foi palco de outro descaso, por meio de um vídeo, um jovem contou que seu parente foi alvejado com 4 disparos de arma de fogo e que estava aguardando a transferência para um hospital há mais de 2 horas.

Luziânia é uma cidade com mais de 200 mil habitantes e não tem um hospital em funcionamento, a desculpa da atual gestão é que em vez de reformar o Hospital eles tiveram que fazer outro devido a mal estrutura. Mas esse papo não cola mais, pois todos sabem que se a obra fosse particular já estaria pronta.

As obras foram iniciadas em 06/06/2016 e tinha como data prevista de conclusão 06/12/2016, 6 meses seriam suficientes para devolver para população o único hospital da cidade. Seria um sonho se tivesse ocorrido como o previsto.

O que eu não entendo é como um prefeito autoriza fechar o único hospital da cidade, porque não deixaram o hospital atendendo a população e construíram um novo em outro espaço, assim a população não ficaria totalmente desamparada.

Na realidade, os gestores atuais estão brincando com vidas, vão deixar para inaugurar o hospital apenas quando se aproximar a eleição municipal do próximo ano. Enquanto isso, vidas são perdidas por falta de atendimento adequado.

Agora pense no seguinte, você acha que o prefeito e sua turma dependem de hospital público? Talvez seja por isso que eles estão brincando com a população esse tempo todo. Pense nisso!

Hoje Luziânia está totalmente largada no que se refere a saúde, não tem hospital e nem IML.

Lamento o ocorrido com a senhora Rosalina, que Deus conforte os familiares e amigos.

 

OUVIR NOTÍCIA

Uma mulher morreu após aguardar atendimento, por mais de duas horas, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Luziânia.

Rosalina deu entrada nesta sexta-feira (04), mas, apesar do grave estado de saúde, só conseguiu atendimento após desmaiar nos braços do esposo na recepção da UPA.,  de acordo com familiares, a falta de atendimento medico contribuiu  para o falecimento de D. Rosalina.

Segundo o esposo da vítima, dez minutos após ser levada para o box de atendimento, o óbito foi constatado.

Em entrevista ao Blogueiro Duda Lemos, o esposo da vítima, senhor Laurentino Gomes Santiago disse: “o que aconteceu foi o seguinte, cheguei com ela caminhado, fui à recepção e pedi para que eles a atendessem atendam ela que ela não está aguentando, ela estava vomitando direto, porém eles não atenderam, apenas deixaram a gente na recepção. Ai depois que ela desmaiou e caiu na recepção é que eles vieram socorrer.”

Seu laurentino também se queixou da forma que o médico passou a informação do óbito de sua esposa, após alguns minutos o medico voltou e da porta ele apenas disse assim: “ela veio ao óbito nem sequer me chamou para um local reservado.”  O senhor ainda disse que a sua esposa ficou mais de 2 horas aguardando o atendimento e que ela chegou à UPA com sintomas de quem estava prestes a sofrer um infarto.

Sem hospital há mais de três anos, vidas são perdidas diariamente nas UPAs da cidade. De acordo com informações de familiares, a senhora veio a óbito por não receber atendimento prioritário.

Um total descaso falta de gestão e negligencia marcam a administração de  Luziânia, vereadores omissos e coniventes com os desmandos do prefeito enquanto vidas se perdem por falta de atendimento medico.

A pergunta que não quer calar!

Cadê o hospital de Luziânia?

A saúde pública de Luziânia vive um terrível momento, sem hospital há mais de 3 anos, as Unidades de Pronto Atendimento não conseguem atender a comunidade, pois além de não terem estrutura adequada a população sofre com a falta de médicos e de equipamentos.

Nesta última semana, a mesma UPA foi palco de outro descaso, por meio de um vídeo, um jovem contou que seu parente foi alvejado com 4 disparos de arma de fogo e que estava aguardando a transferência para um hospital há mais de 2 horas.

Luziânia é uma cidade com mais de 200 mil habitantes e não tem um hospital em funcionamento, a desculpa da atual gestão é que em vez de reformar o Hospital eles tiveram que fazer outro devido a mal estrutura. Mas esse papo não cola mais, pois todos sabem que se a obra fosse particular já estaria pronta.

As obras foram iniciadas em 06/06/2016 e tinha como data prevista de conclusão 06/12/2016, 6 meses seriam suficientes para devolver para população o único hospital da cidade. Seria um sonho se tivesse ocorrido como o previsto.

O que eu não entendo é como um prefeito autoriza fechar o único hospital da cidade, porque não deixaram o hospital atendendo a população e construíram um novo em outro espaço, assim a população não ficaria totalmente desamparada.

Na realidade, os gestores atuais estão brincando com vidas, vão deixar para inaugurar o hospital apenas quando se aproximar a eleição municipal do próximo ano. Enquanto isso, vidas são perdidas por falta de atendimento adequado.

Agora pense no seguinte, você acha que o prefeito e sua turma dependem de hospital público? Talvez seja por isso que eles estão brincando com a população esse tempo todo. Pense nisso!

Hoje Luziânia está totalmente largada no que se refere a saúde, não tem hospital e nem IML.

Lamento o ocorrido com a senhora Rosalina, que Deus conforte os familiares e amigos.

 

Fonte

O DEMOCRATICO

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Trânsito
Moradores do Entorno enfrentam verdadeiro calvário no transporte público
Moradores do Entorno enfrentam verdadeiro calvário no transporte público
VISUALIZAR
Policial
Filho é preso junto com mãe acusado de participar da morte do pai em Luziânia
Filho é preso junto com mãe acusado de participar da morte do pai em Luziânia
VISUALIZAR
Policial
Bandido morre em confronto com o GPT de Luziânia
Bandido morre em confronto com o GPT de Luziânia
VISUALIZAR
Política
Diego Sorgato, um Tucano vestido de Democrata !
Diego Sorgato, um Tucano vestido de Democrata !
VISUALIZAR
Política
Bolsonaro assina MP que concede 13º pagamento do Bolsa Família
Bolsonaro assina MP que concede 13º pagamento do Bolsa Família
VISUALIZAR
Política
Prefeito de Luziânia é acusado de assédio sexual por sete mulheres
Prefeito de Luziânia é acusado de assédio sexual por sete mulheres
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Encaminhe sua mensagem, assim que possível estaremos te respondendo ;)