Madeirada News

Briga dentro do presidio de Novo Gama deixa 5 presos feridos, dois deles em estado grave

A briga teve inicio por volta das 9:00hr da manhã desta segunda-feita(29)

No inicio da manhã desta segunda-feira (29) uma confusão envolvendo cinco detentos da ala “C” do presidio de Novo Gama levou pânico nas redondezas.

Segundo informações, cinco presos ficaram feridos e foram levados para o posto 24 horas da cidade de Novo Gama.

Dentre os feridos estão Fabio Sarnento Lemos de 29 anos que foi ferido com três perfurações no tórax, Fabio foi encaminhado para o hospital do Gama em estado grave e deve passar por cirurgia.

O outro ferido que também esta em estado grave é Welington Morais Costa, que também deve passar por cirurgia. Já os outros três envolvidos na briga foram, medicados e levados de volta ao presidio apenas com ferimentos leves.

Segundo informações a briga teria começado por causa de divida de drogas e cigarros entre os detentos, uma ação rápida dos agentes penitenciários controlou a situação dentro do presidio.

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Briga dentro do presidio de Novo Gama deixa 5 presos feridos, dois deles em estado grave

No inicio da manhã desta segunda-feira (29) uma confusão envolvendo cinco detentos da ala “C” do presidio de Novo Gama levou pânico nas redondezas.

Segundo informações, cinco presos ficaram feridos e foram levados para o posto 24 horas da cidade de Novo Gama.

Dentre os feridos estão Fabio Sarnento Lemos de 29 anos que foi ferido com três perfurações no tórax, Fabio foi encaminhado para o hospital do Gama em estado grave e deve passar por cirurgia.

O outro ferido que também esta em estado grave é Welington Morais Costa, que também deve passar por cirurgia. Já os outros três envolvidos na briga foram, medicados e levados de volta ao presidio apenas com ferimentos leves.

Segundo informações a briga teria começado por causa de divida de drogas e cigarros entre os detentos, uma ação rápida dos agentes penitenciários controlou a situação dentro do presidio.

Publicidade