Madeirada News

Ao ter pescoço cortado, grávida escreve nome de autor com sangue, em Goiás

Suspeito foi preso na madrugada desta terça-feira (21/1), em casa, enquanto dormia. Crime brutal ocorreu na noite desta segunda-fe
Ao ter pescoço cortado, grávida escreve nome de autor com sangue, em Goiás
6678

Ao ter pescoço cortado, grávida escreve nome de autor com sangue, em Goiás

Uma grávida de seis meses morreu na porta de uma lanchonete, na noite desta segunda-feira (20/1), após ter o pescoço cortado. O crime ocorreu no bairro Alexandrina, em Anápolis, a 59 quilômetros de Goiânia. Segundo a ocorrência, antes de morrer a mulher ainda conseguiu escrever o nome do assassino com o próprio sangue. O suspeito foi preso na madrugada desta terça-feira (21/1), em casa, enquanto dormia.

Os primeiros levantamentos aponta que o crime ocorreu por conta de uma dívida por drogas. As informações iniciais apontam ainda que o homem e a mulher estavam na lanchonete, localizada na rua Nova Olinda, no bairro Alexandrina, quando ocorreu um desentendimento e ele a matou com um corte no pescoço. Ainda não se sabe qual a ligação entre o casal.

A mulher, que estava grávida de seis meses, não portava documentos pessoais, mas foi identificada por testemunhas como ‘Lucieninha’. O suspeito foi identificado como Marcondes. A informação de que a vítima teria escrito o nome do autor do crime antes de morrer, com o próprio sangue, foi confirmada ao Dia Online pela equipe que atendeu a ocorrência.

Suspeito de matar grávida com corte no pescoço, em Anápolis, foi preso em casa, enquanto dormia

Após esfaquear a mulher, o suspeito fugiu do local. No entanto, durante a madrugada desta terça-feira (21/1), ele foi localizado em casa e preso enquanto dormia. De acordo com informações do 28° BPM, equipe responsável pela prisão do autor, ele apresentava vários arranhões na região do pescoço e ainda estava com as pernas e os pés com resíduos de sangue, provavelmente da vítima.

Ao ser preso, o homem não esclareceu o que teria motivado o crime. Ele foi levado à Central de Flagrantes de Anápolis onde foi autuado em flagrante pelo crime de feminicídio e está à disposição do Poder Judiciário. O caso será investigado pelo Grupo de Investigações de Homicídio (GIH).

OUVIR NOTÍCIA

Uma grávida de seis meses morreu na porta de uma lanchonete, na noite desta segunda-feira (20/1), após ter o pescoço cortado. O crime ocorreu no bairro Alexandrina, em Anápolis, a 59 quilômetros de Goiânia. Segundo a ocorrência, antes de morrer a mulher ainda conseguiu escrever o nome do assassino com o próprio sangue. O suspeito foi preso na madrugada desta terça-feira (21/1), em casa, enquanto dormia.

Os primeiros levantamentos aponta que o crime ocorreu por conta de uma dívida por drogas. As informações iniciais apontam ainda que o homem e a mulher estavam na lanchonete, localizada na rua Nova Olinda, no bairro Alexandrina, quando ocorreu um desentendimento e ele a matou com um corte no pescoço. Ainda não se sabe qual a ligação entre o casal.

A mulher, que estava grávida de seis meses, não portava documentos pessoais, mas foi identificada por testemunhas como ‘Lucieninha’. O suspeito foi identificado como Marcondes. A informação de que a vítima teria escrito o nome do autor do crime antes de morrer, com o próprio sangue, foi confirmada ao Dia Online pela equipe que atendeu a ocorrência.

Suspeito de matar grávida com corte no pescoço, em Anápolis, foi preso em casa, enquanto dormia

Após esfaquear a mulher, o suspeito fugiu do local. No entanto, durante a madrugada desta terça-feira (21/1), ele foi localizado em casa e preso enquanto dormia. De acordo com informações do 28° BPM, equipe responsável pela prisão do autor, ele apresentava vários arranhões na região do pescoço e ainda estava com as pernas e os pés com resíduos de sangue, provavelmente da vítima.

Ao ser preso, o homem não esclareceu o que teria motivado o crime. Ele foi levado à Central de Flagrantes de Anápolis onde foi autuado em flagrante pelo crime de feminicídio e está à disposição do Poder Judiciário. O caso será investigado pelo Grupo de Investigações de Homicídio (GIH).

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Policial
Jovem é alvejado com cinco tiros na manhã desta quarta-feira em Valparaíso
Jovem é alvejado com cinco tiros na manhã desta quarta-feira em Valparaíso
VISUALIZAR
Política
Confirmado primeiro caso de coronavírus no Brasil
Confirmado primeiro caso de coronavírus no Brasil
VISUALIZAR
Política
Brasilia em Alerta-Hran tem caso suspeito de Coronavírus; paciente está isolado
Brasilia em Alerta-Hran tem caso suspeito de Coronavírus; paciente está isolado
VISUALIZAR
Policial
Professora acaba de ser assinada a tiros pelo seu ex-marido no bairro Sol Nascente,
Professora acaba de ser assinada a tiros pelo seu ex-marido no bairro Sol Nascente,
VISUALIZAR
Policial
Jovem é assassinado dentro do local de trabalho no Lago Azul
Jovem é assassinado dentro do local de trabalho no Lago Azul
VISUALIZAR
Política
EM VALPARAÍSO, CADÊ O DINHEIRO QUE ESTAVA AQUI???
EM VALPARAÍSO, CADÊ O DINHEIRO QUE ESTAVA AQUI???
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Encaminhe sua mensagem, assim que possível estaremos te respondendo ;)