Madeirada News

MENU
Logo
Sábado, 31 de julho de 2021
Publicidade
Publicidade

Saúde

1,7 mil são suspeitos de tomar três doses da vacina contra a Covid em Goiás

Levantamento identificou o mesmo CPF em mais de duas aplicações do imunizante. Apuração vai mostrar se houve ilegalidade ou falha no sistema

269
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

 

 

A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) investiga se 1.772 pessoas tomaram três doses da vacina contra o coronavírus. Os nomes foram acusados no sistema em que é feito o cadastro de quem já tomou o imunizante.

Durante entrevista para a TV Anhanguera/Globo, a superintendente de Vigilância em Saúde, Flúvia Amorim, informou que existe possibilidade de que essas pessoas realmente tenham tomado três doses.

A relação dos nomes será encaminhada para seus respectivos municípios, para que seja apurado se houve um erro na digitação da informação no sistema ou se houve irregularidade. De acordo com a superintendente, os casos identificados são de registros em diferentes datas e de doses de diferentes laboratórios.

 

“Caso essa pessoa realmente tenha tomado três doses, a gente tem uma questão legal e uma questão moral. Moral porque ela tirou oportunidade de uma outra pessoa que não tem proteção nenhuma”, declarou Flúvia Amorim ao telejornal.

 

Investigações

Os casos confirmados de aplicação de três doses serão encaminhados para o Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) para que sejam tomadas providências.

Em nota, a SES-GO informou que a Superintendência de Vigilância em Saúde (Suvisa) monitora todos os casos registrados na base de dados estadual. O órgão orienta que os municípios encaminhem para o MPGO as ocorrências de aplicação de três vacinas confirmadas.

Fonte/Créditos: Metrópoles

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Encaminhe sua mensagem, assim que possível estaremos te respondendo ;)