Madeirada News

Atlético-PR goleia o Sport com goleiro improvisado e segue imbatível na Arena da Baixada

Furacão completa 11 vitórias consecutivas em casa. Placar teve ajuda após improvisação de atacante Gabriel no gol do Sport, para substituir

A Arena da Baixada tem somente um dono e esse é o Atlético-PR, que bateu o Sport por 4 a 0, na tarde deste domingo, e ampliou para 11 vitórias consecutivas. O Furacão controlou o jogo desde o início, teve 70% de posse de bola, mas não abriu o placar no início graças às intervenções miraculosas de Magrão. No segundo tempo não perdeu tempo, e Thiago Heleno marcou de cabeça antes do primeiro tempo. Depois o pênalti claro de Raul Prata, que colocou a mão na bola, foi o passe para que Bergson ampliasse. Magrão fez vários milagres, mas não conseguiu ir até o fim do jogo e, pouco depois dos 30 minutos, teve que deixar o campo. Já com três substituições feitas, o atacante Gabriel foi improvisado e tomou o gol de Bergson logo em seguida. Com o Sport cada vez mais frágil dentro de campo, Rony fechou o placa

NA TABELA

Com o resultado, o Atlético-PR vai a 39 pontos e sobe duas posições para a oitava colocação. O Sport segue na vice-lanterna com 27 pontos

 

PRIMEIRO TEMPO

O jogo começou com toda intensidade para o lado do Atlético-PR, que foi pressão desde os primeiros minutos e obrigou o goleiro Magrão a grandes defesas. Logo aos cinco minutos, Lucho cobrou escanteio bem fechado, que o goleiro do Sport defendeu evitando um gol olímpico. O goleirão do Sport ainda fez dois milagres aos mesmo tempo na finalização em sequência de Cirino e depois de Lucho. O Sport não conseguia se encontrar em campo a ponto do jogo ter 70% de posse de bola para o Furacão. Mas a intensidade dos donos da casa diminuiu na segunda metade do jogo. O Atlético-PR seguiu como dono da bola, mas não chutou tanto a gol.

 

SEGUNDO TEMPO

O Sport voltou para o jogo com Hernane Brocador, mas quem marcou no primeiro minuto foi o Atlético-PR, com Thiago Heleno, que cabeceou para o gol após cobrança de falta. Aos 10 minutos, o pênalti convertido por Bergson ampliou o placar para o Furacão, que seguia mandando no jogo. Magrão seguia salvando o time até que não conseguiu mais, quando sentiu dores no braço e teve que sair de campo. O Sport já havia feito suas três substituições e teve que improvisar com o atacante Gabriel no gol, que tomou o gol 

O Atlético-PR chegou à 11ª primeira vitória seguida como mandante, deixando para trás a marca de dez jogos em 2016. O time ainda não perdeu nenhum jogo com Tiago Nunes desde que o treinador assumiu durante a pausa para a Copa do Mundo. No Brasileirão são nove vitórias consecutivas e duas pela Sul-Americanae Bergson minutos depois. Rony marcou o seu pouco depois para terminar a partida

 

 

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Veja também

Com Bolsonaro na torcida, Palmeiras bate Vitória por 3 a 2 no jogo da festa do título
15Dez

Com Bolsonaro na torcida, Palmeiras bate Vitória por 3 a 2 no jogo da festa do título

Presidente eleito entrou no gramado para entregar taça ao time alviverde

O Brasileirão 2018 acabou. Veja como seu time terminou o ano
15Dez

O Brasileirão 2018 acabou. Veja como seu time terminou o ano

Campeonato chegou ao fim neste domingo (2/12)

O que falta para o Palmeiras conquistar o Brasileiro já na quarta-feira?
15Dez

O que falta para o Palmeiras conquistar o Brasileiro já na quarta-feira?

Alviverde precisa torcer por tropeço de rivais em seus estádios

Subiu! Goiás derrota Oeste de virada e garante o acesso à Série A de 2019
15Dez

Subiu! Goiás derrota Oeste de virada e garante o acesso à Série A de 2019

Após primeiro tempo morno, Esmeraldino vê Rubrão fazer 1 a 0, mas vira para voltar ao Brasileirão

Publicidade